Saiba como aproveitar a Black Friday para viagens mais baratas

Por Metro Jornal

A Black Friday é um ótimo momento para quem já tem uma viagem pré-planejada, mas ainda não comprou as passagens ou reservou o hotel. Segundo um levantamento feito no início do mês pela Kayak, ferramenta de planejamento de viagens, os preços tendem a ser realmente menores nesta época do ano. Dentre os 15 destinos mais buscados na plataforma durante Black Friday de 2018, 12 deles estavam com descontos reais, chegando a preços até 18% menores.

CONFIRA TUDO SOBRE A BLACK FRIDAY 2019:

Black Friday: Entenda quais são seus direitos em casos de troca ou devolução
Veio pra ficar! Black Friday no Brasil em números
Milhas, cupons, ‘cashback’: como recuperar parte dos gastos na Black Friday
Black Friday: lojas físicas alcançam o patamar de vendas do e-commerce
Saiba como aproveitar a Black Friday para viagens mais baratas
Black Friday sem pegadinha: Veja sites que monitoram os preços em tempo real
Black Friday também tem pacotes de viagem mais baratos; aprenda a achar os melhores
Black Friday está repleta de promoções de livros; saiba como aproveitar
Black Friday tem ofertas para comprar imóvel; negócio requer maior cuidado
Black Friday é boa oportunidade para quem quer comprar carro; veja dicas
Black Friday: O que você precisa saber antes de começar a comprar

Além de todas as dicas listadas na página 4, quem vai pegar a estrada precisa ter ainda mais atenção aos detalhes na hora da compra. Caso contrário, pode acabar comprando um pacote com um preço sensacional, mas que tem um voo com várias conexões longas e que pode ocupar até dois dias de sua viagem.

Não esqueça também que passagens aéreas são pessoais e não permitem revenda. Em casos de promoção, como a Black Friday, elas têm taxas absurdas de remarcação ou mesmo de cancelamento, então vá com calma!

E vale lembrar também que as promoções da Black Friday geralmente não contemplam datas comemorativas do ano seguinte. Ou seja: se você quer aproveitar um dos nove feriados prolongados de 2020, o ideal é começar a pesquisar com pelo menos cinco meses de antecedência.

Compare os preços

Para ajudar nessa hora, use a tecnologia a seu favor! Existem diversos sites que fazem comparativo de preços, segundo datas e destinos selecionados.

Kayak
No site da Kayak, dá para comparar os preços de passagens aéreas e de hotéis. Também é possível determinar o nível de estrelas do hotel e a categoria de sua passagem aérea. É o mais procurado pelos viajantes mais exigentes.

Google Voos
A plataforma do Google é específica para quem quer encontrar a passagem de avião mais barata. Ela reúne os preços das principais companhias aéreas que atuam em território nacional, entregando ao internauta um comparativo com datas e horários, o que permitindo decidir qual é o melhor custo-benefício. É possível criar alertas para uma data específica, que avisam sempre que os preços das passagens são alterados.

Decolar
A Decolar.com já é uma veterana na área. Além de fazer o comparativo dos preços de passagens aéreas, a plataforma também permite que você reserve hotéis e até agende aluguel de carros.

Quanto Custa Viajar
Esta plataforma faz os mesmos comparativos de voos e hotéis, mas o grande destaque é que ela também faz o caminho inverso: na Quanto Custa Viajar, dá para achar o destino que cabe no seu bolso. Você indica o seu ponto de partida, seu orçamento e quantos dias pretende ficar fora. Em troca, vem uma lista de destinos e um mini planejamento, com hotéis e pontos turísticos para visitar.

Voopter
O Voopter possibilita selecionar até quatro datas de ida e volta – diferentemente do Google, que só permite visualizar uma data por vez – facilitando ainda mais a busca por passagens mais baratas. Lá também é possível criar alertas, no mesmo esquema do Google Voos. Outro ponto a favor é que o site analisa não somente hotéis e companhias aéreas, mas também serviços de viagens como Submarino Viagens, Decolar.com e CVC.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo