Estudante de medicina de Itaquera arrecada R$ 82,1 mil para estudar em Harvard

Por Metro Jornal

Nascido e criado em Itaquera (zona leste), o estudante de medicina Márcio Henrique de Jesus Oliveira, 21 anos, está com tudo pronto pata estudar em Harvard, nos Estados Unidos. Com ajuda de doações em vaquinha virtual, ele alcançou na terça-feira (26) o montante necessário para custear a viagem: R$ 82,1 mil.

O jovem é estudante da UFU (Universidade Federal de Uberlândia), em Minas Gerais, e foi convidado para acompanhar o professor de medicina da USP (Universidade de São Paulo) Paulo Saldiva por um ano em pesquisas na universidade norte-americana, que é uma das mais renomadas do mundo.

Filho de metalúrgico, Oliveira estudou a vida toda em escolas públicas da periferia. “Não tinha perspectiva. Nunca nem tinha conhecido um médico ou engenheiro.” No último ano do Ensino Médio, ele nem pensava em faculdade, até que uma professora de literatura falou da existência de cursinhos populares.

Foi assim que ele conheceu o MedEnsina, oferecido pelos alunos de medicina da USP e fundado por Saldiva. Na época, Oliveira trabalhava e estudava e acabou não passando, mas ficou amigo de um dos professores, que decidiu ajudá-lo custeando por um ano os seus estudos em cursinho particular.

Oliveira passou na UFU e ainda hoje estuda com a ajuda desse professor, que contou a história para o colega Saldiva. “O Saldiva depois me ligou e perguntou: ‘quero saber se você aceita ficar um ano comigo em Boston?’. Eu tremia todo”, afirmou Oliveira.

Sem todo dinheiro para custear a temporada no exterior, o universitário fez a vaquinha e alcançou a meta com doações de 686 pessoas, entre amigos e desconhecidos, que se sensibilizaram com a história. Oliveira disse que recebe mensagens de pessoas que se espelham nele. “Há uma multidão de jovens lutando, lançando a semente, uns com o clima favorável, outros não. Nossa luta é nutrir esses sonhos.”

(none)
Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo