Polícia alemã descobre rede online de pornografia infantil com mais de 1,8 mil membros

Por Metro Jornal

Uma rede de pornografia infantil foi descoberta em chats online na Alemanha. Múltiplos grupos foram encontrados pela polícia do país, sendo que o maior deles possuía mais de 1.800 membros.

O diretor da polícia do estado da Renânia do Norte-Vestfália, a qual conduz o caso, afirma que "ainda não é possível estimar o quão grande o caso será". Frank Hoever também conta que buscas estão sendo conduzidas nas casas dos atuais investigados – o número, no momento, é de apenas 15 suspeitos formais.

LEIA MAIS:
Polícia dá detalhes sobre a morte de Goo Hara, artista do k-pop
Xuxa desabafa sobre abusos sexuais sofridos na infância

As vítimas, presentes nos materiais de pornografia infantil, têm entre 12 meses e 14 anos. A imprensa local afirma que a maioria é composta por parentes dos próprios participantes da rede.

A atenção se voltou a este tipo de crime em outubro, quanto um suspeito de 42 anos foi detido sob acusação de abuso sexual de menores e distribuição de pornografia infantil. O homem filmava seus próprios crimes, além de consumir material de outras fontes.

No computador do suspeito, a polícia encontrou ao menos 7 terabytes de vídeos e imagens. Em seu celular, estavam grupos em aplicativos de mensagem, nos quais ocorria a divulgação e reprodução de vídeos e imagens com cenas de abuso sexual de menores.

A detenção em 22 de outubro levou a sete outros homens em cidades próximas; a investigação se expandiu até chegar ao estado atual.

Com informações de Deutsche Welle

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo