ID Estudantil: carteirinha de estudante digital tem problemas no segundo dia

Por Rádio Bandeirantes

A carteirinha estudantil na versão digital apresenta problema nesta terça-feira (26), segundo dia de funcionamento. O aplicativo "ID Estudantil" era para estar disponível para todos os sistemas operacionais a partir de segunda (25), data do lançamento no Ministério da Educação, mas para quem tem iPhone o aplicativo não aparece.

A reportagem da Rádio Bandeirantes testou o app, no entanto só para smartphones com sistema Android o aplicativo funcionou normalmente. Assim como o documento físico, a "ID Estudantil" garante a meia entrada para diversos eventos.

Veja também:
Dengue já matou 256 e está concentrada em 10 cidades
PM terá mais mil novos blindados em São Paulo

Cerca de 600 mil alunos vão poder usar a nova versão que conta com identificação por QR Code e uma foto do aluno. Além de mais prática, a carteirinha digital também custa mais barato, apenas 15 centavos, enquanto a física sai por 35 reais. Segundo o ministro da Educação, Abraham Weintraub, o valor da emissão não é cobrado diretamente do estudante.

O primeiro passo para que o aluno consiga tirar a versão digital tem que ser dado pela instituição de ensino. A escola ou faculdade deve enviar as informações dos estudantes ao Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais. Sem o cadastro não será possível a tirar a carteirinha.

Menores de 18 anos precisarão ter autorização dos pais, que também terão de baixar o aplicativo para liberar o acesso. Já os maiores de idade precisam apenas anexar uma imagem de si próprio e uma da CNH ou do RG.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo