No dia nacional do doador, saiba como doar sangue

Por Eduardo Ribeiro - Metro São Paulo

No Brasil, só 1,6% da população doa sangue. Apesar do percentual estar dentro dos parâmetros da OMS (Organização Mundial da Saúde) – entre 1% e 3% dos habitantes de um país –, o objetivo é que mais gente doe sangue habitualmente, e não apenas em datas específicas ou quando algum conhecido precisa.

“Nas cidades grandes, a questão da doação de sangue é mais difícil do que em cidades menores, onde a pessoa sente mais a proximidade dos vizinhos e amigos”, afirmou o médico da Fundação Pró-Sangue Cassio Marcos de Carvalho Giannini. “A impessoalidade atrapalha muito o sentimento de solidariedade.”

O Brasil possui 32 hemocentros coordenadores e outros 2.066 serviços de coleta ligados ao SUS (Sistema Único de Saúde). Em São Paulo, para agendar a sua doação, basta entrar no site da fundação.

Veja também:
Doação de sangue esporádica ainda é regra no país
Com homenagem a Boechat, BandNews FM faz campanha de doação de sangue

Como doar sangue

Requisitos

• É preciso ter entre 16 e 69 anos e pesar mais de 50 kg
• Menores de 18 anos só com autorização dos responsáveis
• Apresentar documento oficial com foto
• Estar em bom estado de saúde

Não podem doar sangue

Temporariamente:
• Pessoas com febre, gripe ou resfriado, diarreia recente, grávidas e mulheres no pós-parto

Definitivamente:
• Quem já passou por quadro de hepatite após os 11 anos
• Pessoas com evidência clínica ou laboratorial das seguintes doenças transmissíveis pelo sangue: hepatites B e C, AIDS (vírus HIV), doenças associadas aos vírus HTLV I e II e doença de chagas
• Usuários de drogas ilícitas injetáveis
• Quem já teve malária

Procedimento

• Simples, rápido e seguro
• Nenhum material usado na coleta do sangue é reutilizado, o que elimina qualquer possibilidade de contaminação
• Para doar sangue, basta procurar as unidades de coleta de sangue, como os hemocentros, para checar se você atende aos requisitos
• Em cada doação, o máximo de sangue retirado é de 450 ml
• Agende sua doação: prosangue.sp.gov.br / (11) 4573-7800 / [email protected]

Posição do estoque da Fundação Pró-Sangue

• O+: crítico
• O-: crítico
• A+: estável
• A-: crítico
• AB+: estável
• AB-: estável
• B+: alerta
• B-: crítico

Doação de Sangue André Porto/Metro

‘Doar me faz bem, me sinto leve’

Depoimento de Maria de Lourdes de Souza, aposentada, 63 anos

“Nem me lembro quando eu comecei, faz muitos anos. Eu simplesmente tive vontade. A primeira vez eu acho que fiz uma doação de sangue específica para alguém, depois me interessei e passei a ir regularmente, três vezes ao ano, virou um hábito. Mas é também algo que eu gosto de fazer, penso que estou sendo útil. De vez em quando até consigo levar alguém comigo. As pessoas precisam pensar um pouco mais no próximo. É importante. E tem tanta gente que precisa. Eu me sinto bem quando eu doou sangue, parece até que eu fico mais leve.”

Loading...
Revisa el siguiente artículo