Aliança pelo Brasil: Falsas listas de apoio ao novo partido de Bolsonaro circulam na web

Por Metro Jornal, com rádio Bandeirantes

Falsas listas de apoio ao novo partido de Jair Bolsonaro, o Aliança pelo Brasil, estão circulando na internet. Em entrevista à rádio Bandeirantes, a advogada do presidente, Karina Kufa, alertou para a inutilidade das assinaturas.

Segundo ela, nenhuma ficha será preenchida até que o TSE (Tribunal Superior Eleitoral) decida se autoriza ou não a adesão digital. O órgão deve decidir na terça (26) se a Justiça pode aceitar assinaturas eletrônicas para a formação de um partido político. Se o veredito for a favor da permissão, um abaixo-assinado oficial será divulgado.

Veja também:
São Paulo quer pagar R$ 100 por criança carente de 0 a 3 anos na fila da creche
Com câncer, Bruno Covas retorna ao hospital para terceira sessão de quimioterapia

O Aliança pelo Brasil precisa de quase 492 mil nomes de apoiadores em nove estados. A fim de participar das eleições de 2020, Bolsonaro afirmou que, se não for possível a coleta eletrônica, a legenda ficará fora da disputa no ano que vem.

Todo o processo tem que terminar no máximo em abril para que o partido participe das eleições municipais.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo