Sarampo: jovens de 20 a 29 anos são novo público-alvo da campanha de vacinação

Por Metro Jornal

Começa nesta segunda-feira (18) a segunda fase da campanha de vacinação contra o sarampo, com foco em jovens adultos na faixa etária de 20 a 29 anos. A meta é que esse público-alvo tome duas doses da vacina tríplice viral (caxumba, rubéola e sarampo) em intervalo mínimo de 30 dias. Para se imunizar basta se dirigir a uma das UBS (Unidades Básicas de Saúde) do município para atualizar a caderneta.

Quem não tiver a comprovação vacinal, deverá receber a primeira dose da vacina durante a campanha e a segunda será agendada. Já aqueles que tiverem recebido apenas a primeira dose da tríplice viral ao longo da vida, receberá a segunda dose durante a campanha. É preciso levar a caderneta de vacinação para que o profissional de saúde avalie a situação vacinal.

O Dia D será no último sábado de novembro, no dia 30, quando postos de saúde e postos volantes estarão abertos para vacinação.

Na primeira fase da campanha foram vacinadas 400 mil crianças na faixa de 6 meses a 4 anos, 11 meses e 29 dias. Outras três etapas ocorrerão em 2020. A meta é vacinar 2,6 milhões crianças na faixa prioritária e 13,6 milhões de adultos. Ainda sem data definida, serão contempladas pessoas de 5 a 19 anos, de 30 a 49 anos e de 50 a 59 anos.

Em 2018, a cobertura da vacina contra a doença foi de 97,06% (primeira dose) e 44% (segunda dose) na capital paulista. Neste ano, com a intensificação das campanhas, a cobertura da vacina tríplice na cidade superou o número estimado para a primeira dose (aos 12 meses de idade) chegando a 102,3%. Para a segunda dose (aos 15 meses de idade), a cobertura atingiu 86%.

Neste ano, até o dia 7 de novembro, foram confirmados 10.429 casos de sarampo no país e 15 mortes, sendo que o estado de São Paulo representa 90,5% das infecções (5.123), seguido por Paraná (227).

2ª fase da campanha nacional de vacinação contra o sarampo

Imunização de jovens adultos

• De 18 a 30 de novembro
• Público-alvo: de 20 a 29 anos
• Dia D: 30 de novembro

Próxima etapa

• Em 2020
• Público-alvo: 5 a 19 anos, 30 a 49 anos e de 50 a 59 anos

As pessoas desses grupos devem ir às UBSs com a carteira de vacinação para que seja atualizada.

Restrições à vacina

Gestantes e pacientes imunodeprimidos (pessoas com baixa imunidade, transplantados ou em tratamento contra o câncer) devem avaliar com seus médicos se podem ou devem tomar a dose.

Sobre o sarampo

O que é o sarampo

Uma doença viral aguda altamente transmissível. Ele pode dar complicações, como otite média aguda, pneumonia bacteriana, laringite e laringotraqueíte, doenças cardíacas, e até matar.

Como é transmitida

Por fala, tosse ou espirro, por via aérea.

Sintomas

Febre alta, mal-estar, coriza, conjuntivite, tosse e falta de apetite. Depois aparecem manchas vermelhas na pele, que são a maior característica da doença. Até 18 pessoas podem ser infectadas por um único paciente com sarampo.

Fonte: Ministério da Saúde e Secretaria Estadual da Saúde de SP

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo