Polícia investiga procedência de líquido que teria envenenado 9 em Barueri; 4 morreram

Por Metro Jornal com Estadão Conteúdo

O delegado que investiga um possível envenenamento de um grupo de moradores em situação de rua em Barueri, na Grande São Paulo, irá ao hospital em que os sobreviventes estão internados nesta segunda-feira (18). O objetivo é descobrir a procedência do líquido que pode ter causado a morte de quatro pessoas e a internação de outras cinco, que estão em estado grave.

O caso ocorreu no sábado (16), quando a Prefeitura de Barueri informou que oito pessoas deram entrada no pronto-socorro central da cidade por volta das 8h30 com sérios indícios de envenenamento. No domingo (17), o município comunicou que uma nona vítima também havia sido hospitalizada.

Veja também:
Prefeitura abre investigação para apurar queda de passarela na marginal Tietê
Tentativa de arrastão na Imigrantes é frustrada; motoristas fogem pela contramão

Um dos sobreviventes teria contado que o grupo recebeu uma garrafa de bebida alcoólica de um desconhecido na região da Cracolândia, no centro de São Paulo. Todas as vítimas teriam compartilhado o líquido antes de passarem mal, já em Barueri.

A garrafa com a bebida foi apreendida e enviada para análise do Instituto de Criminalística. A polícia também espera resultado da autopsia dos corpos. O caso foi registrado na Delegacia Central de Barueri. Ainda de acordo com o delegado, imagens de câmeras mostram que o grupo não recebeu a garrafa em Barueri, corroborando com a versão de uma das vítimas.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo