Carrefour identifica 300 cães e gatos abandonados em lojas

Por Metro Jornal

Perto de completar um ano do caso da cadela Manchinha, a rede de supermercados Carrefour informou ter contabilizado cerca de 300 cães e gatos abandonados em suas lojas pelo Brasil. Parte desses animais (174) foi resgatada e levada para abrigos parceiros, de acordo com Stéphane Engelhard, vice-presidente-executivo de relações institucionais do grupo.

A rede promoveu um encontro com jornalistas para prestar contas do compromisso  assumido pelo Carrefour com a causa animal. “Na época [quando Manchinha foi morta por um segurança em uma unidade da rede em Osasco], não soubemos como agir. Hoje, a resposta teria sido mais rápida. Mas serviu de aprendizado. Agora, somos procurados por outras empresas querendo saber o que fazer”, disse Engelhard.

A rede firmou parceria com a ONG Ampara Animal e já prestou assistência a mais de 450 abrigos em todo o país. Cerca de 6 mil cães e gatos foram beneficiados com 14 mil quilos de ração, 2 mil castrações,  além de medicamentos, vacinas, atendimento veterinário e eventos de adoção.

Em busca de identificar os motivos que estão na raiz do abandono e dos maus-tratos aos animais tão frequentes no Brasil, o Carrefour encomendou uma pesquisa Ibope. O levantamento revela que 92% dos entrevistados já presenciaram algum tipo de mau-trato em animais e que 82% se assumem engajados. Em contrapartida, apenas 17% denunciaram as agressões e só 30% têm pets adotados.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo