Governo do Chile cancela COP 25 e encontro da Apec em meio à onda de protestos

Por Estadão Conteúdo

O presidente chileno, Sebastián Piñera, anunciou na manhã desta quarta-feira (30) que o país não irá mais sediar o encontro dos países da Cooperação Econômica Ásia-Pacífico (Apec, na sigla em inglês), que estava marcado para novembro. O governo do Chile também cancelou a 25ª Conferência das Nações Unidas sobre Mudanças Climáticas (COP 25), que aconteceria em dezembro no país.

"Sentimos e lamentamos profundamente os problemas e inconvenientes que essa decisão vai significar, tanto para a Apec quanto para a COP", afirmou Piñera.

O anúncio vem em meio aos intensos protestos que assolam o país e levaram a popularidade do presidente chileno aos menores níveis desde a redemocratização. Existia a expectativa de que Estados Unidos e China assinassem a primeira fase do acordo comercial durante a Apec.

Veja também:
Novas regras para patinetes em SP começam a valer nesta quinta
Caso Marielle: Entenda como nome de Bolsonaro foi parar nas investigações do assassinato

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo