Bombeiros encontram corpo de menino que caiu em córrego na zona leste de São Paulo

Por Metro Jornal com Estadão Conteúdo

O porta-voz do Corpo de Bombeiros Marcos Palumbo anunciou, na tarde desta quarta-feira (30), a descoberta do corpo do menino Miguel Henrique da Silva Miranda, que ficou preso em um córrego na zona leste de São Paulo.

Miguel Henrique brincava com a bola quando caiu no córrego da região de São Mateus, na zona leste da capital paulista, ao tentar pegar o brinquedo que havia caído na água.

Ao jornal Agora, o capitão dos bombeiros contou que a criança acabou presa em um ponto de remanso com cerca de 50 centímetros, a alguns metros de distância de onde teria caído. Testemunhas não teriam visto o deslocamento do garoto até este ponto, portanto as buscas ficaram concentradas ao local da queda.

A procura começarou por volta das 16h de terça-feira. Foram interrompidas à noite e retomadas no início da manhã desta quarta-feira, 30. Equipes permanecem nas proximidades da Rua Francisco Melo Palheta. O local é de difícil acesso.

Na terça, os bombeiros informaram que a criança tem seis anos, mas nesta quarta, afirmaram que o menino está com sete anos de idade. O veio, que deságua no Rio Aricanduva, possui "50 cm de curso d'água, o que não seria suficiente para levar o menino córrego abaixo", afirmou o Corpo de Bombeiros.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo