Polícia Civil conclui perícias técnicas sobre tragédia de Brumadinho; inquérito tem 5,3 mil páginas

Por Mardélio Couto - BandNews FM

No dia em que a tragédia da Vale, em Brumadinho, completa nove meses, a Polícia Civil afirma que já concluiu todas as perícias técnicas e que será concluído em breve o inquérito que investiga o colapso da Mina do Córrego do Feijão. Mais de 170 pessoas já foram ouvidas pela polícia.

Até o momento, o inquérito tem 5.335 páginas impressas. O auto principal possui oito volumes, que somam 2.578 páginas e os seis anexos, com 11 volumes, totalizam 2.757. Os investigadores também fizeram e continuam realizando análises de vasto material eletrônico.

Veja também:
Juíza é acusada de mandar medir saia de advogadas para autorizar entrada em fórum
Pesquisadores alertam para riscos em consumir peixes de praias do Nordeste afetadas pelo óleo

Apesar de afirmar que o inquérito será concluído em breve, a Polícia afirma que por questões estratégicas, não divulga prazo determinado para conclusão de trabalhos investigativos. O tenente do Corpo de Bombeiros, Marco Antônio dos Santos, afirma que a corporação mudou a estratégia de trabalho em meio aos rejeitos de minério.

Ainda há cerca de quatrocentas pessoas fora de casa em Brumadinho. 252 pessoas morreram e 18 seguem desaparecidas – o trabalho dos agentes públicos para encontrá-las continua. Ninguém está preso.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo