Juíza é acusada de mandar medir saia de advogadas para autorizar entrada em fórum

Por Rádio Bandeirantes

A OAB (Ordem dos Advogados do Brasil) do Rio de Janeiro denunciou uma juíza diretora de um Fórum ordenou seguranças medirem a saia de advogadas com régua. O caso acontece na cidade de Iguaba Grande, que fica a quase 130 quilômetros da capital fluminense.

Maíra Valéria Veiga de Oliveira tem impedido a entrada de advogadas que estejam com saias ou vestidos cinco centímetros acima do joelho. A magistrada afirma que as roupas fora de tal medida tiram a concentração dos homens e representam “falta de compostura”.

Veja também:
Pesquisadores alertam para riscos em consumir peixes de praias do Nordeste afetadas pelo óleo
Saque do FGTS é liberado para nascidos em fevereiro e março

Para controlar a entrada, a magistrada autorizou seguranças a medirem as roupas das advogadas com régua. Para a OAB, a determinação soa como machista e as advogadas não podem fazer muita coisa porque quem faria a audiência delas é a própria juíza.

O processo já está com a Corregedoria do Tribunal de Justiça do Rio.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo