Polícia paulista prende 70 acusados de crimes contra mulheres

Por Agência Brasil

Uma operação da Polícia Civil de São Paulo prendeu nesta quarta-feira (23), na capital paulista, 70 homens acusados de cometer crimes de violência doméstica contra mulheres.

A operação, denominada Outubro Rosa, contou com policiais das nove delegacias de Defesa da Mulher da capital. Participaram da operação 335 policiais em 158 viaturas.

De acordo com a Polícia Civil, foram emitidos pela Justiça 90 mandados de prisão, e 20 ainda não foram cumpridos. Entre os crimes cometidos pelos homens estão violência psicológica e física, tortura e não pagamento de pensão alimentícia.

“Normalmente são agressões cotidianas no seio familiar”, destacou o diretor Departamento de Polícia Judiciária (Decap), Albano Devid Fernandes. “Agora, os presos ficarão à disposição da Justiça respondendo as ações criminais”, acrescentou.

De janeiro a setembro deste ano, as delegacias de Defesa da Mulher do estado já prenderam 24 homens em flagrante por feminicídio e 707 por demais crimes. Foram registradas 20.862 ocorrências policiais, e abertos 8.112 inquéritos.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo