Marinha diz que União vai cobrir custos para limpar óleo no Nordeste

Por Metro Jornal com Estadão Conteúdo

Na primeira entrevista coletiva de imprensa convocada por um órgão federal exclusivamente para tratar das manchas de óleo que atingem as praias do Nordeste desde o dia 2 de setembro, a Marinha informou que o Governo Federal vai cobrir todos os custos dos órgãos dos três entes da Federação que trabalham para limpar a costa. O almirante de esquadra e comandante de operações navais da Marinha, Leonardo Puntel, não deu números, mas afirmou, na tarde de ontem, que a União fará os repasses.

O almirante afirmou que, neste momento, há registro de óleo apenas em Pernambuco, na região de Suape, no entorno do porto, e no cabo de Santo Agostinho, além de Aracaju (SE), na praia de Atalaia. Os demais estados do Nordeste não tiveram novos registros de vazamentos.

A Justiça Federal em Pernambuco concedeu liminar ontem obrigando a União a enviar equipamentos para ajudar no recolhimento de óleo no estado em 24 horas.

Manchas de óleo no Nordeste Manchas de óleo flagradas domingo (20) em praia de Porto de Galinhas (PE) / Arnaldo Carvalho/JC Imagem/Folhapress

Veja também:
Fuvest 2020 tem 129 mil inscritos; veja cursos mais e menos concorridos
O que aprender com as regiões campeãs em longevidade no mundo

O último relatório do Ibama sobre o desastre, divulgado na noite de sábado, dá conta de que as manchas de óleo já atingiram 201 localidades de 74 municípios no litoral do Nordeste desde que apareceram no final de agosto. De acordo com o instituto, até o momento, 35 animais foram afetados: 17 tartarugas marinhas que morreram, 11 vivas; duas aves com óbito e duas vivas; e um peixe morto.

A Marinha levanta quais foram os navios que passaram tanto na costa jurisdicional brasileira – até o limite de 200 milhas náuticas – quanto fora dela para tentar identificar a origem do óleo que atingiu as praias do Nordeste brasileiro.

Manchas de óleo no Nordeste Tartaruga suja de óleo em Porto de Galinhas / Arnaldo Carvalho/JC Imagem/Folhapress
Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo