Justiça revoga prisão domiciliar de Roger Abdelmassih

Por Band News FM

A Justiça de São Paulo revoga a prisão domiciliar do médico Roger Abdelmassih, condenado a 173 anos anos de prisão acusado de abuso sexual de pacientes em uma clínica de reprodução.

A decisão é da juíza Andreia Brandão, da 3ª Vara de Execuções Criminais de São Paulo.

A decisão da magistrada foi tomada após realização de perícia médica, cujo resultado concluiu que o réu está em condições de fazer o tratamento de saúde no ambulatório da prisão, em regime fechado.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo