Polícia localiza mulher sequestrada com ajuda de rastreador de seu celular em SP

Por Metro Jornal

Na noite de terça-feira (1º), uma mulher foi vítima de um sequestro-relâmpago em Vila Andrade, zona sul de São Paulo. Para localizá-la, a polícia utilizou um aparelho que está em quase todos os bolsos: o celular.

A mulher estava dentro de seu carro, estacionado próximo à estação Jurubatuba da CPTM (Companhia Paulista de Trens Metropolitanos), e falava ao telefone com o marido.

Veja também:
Rock in Rio 2019: respondemos as principais perguntas sobre o festival feitas ao Google
Caso Raíssa: Polícia diz que garoto de 12 anos confessou

Por volta das 19h, foi abordada por dois criminosos, que entraram no carro e saíram acelerando, enquanto um terceiro homem seguia em outro veículo. A vítima relatou à polícia que eles pretendiam passar seus cartões de crédito e débito em uma "maquininha", segundo o site G1.

O marido percebeu uma movimentação suspeita e acionou a PM (Polícia Militar). Foi então que a mulher começou a ser monitorada pelo rastreador de geolocalização de seu celular. Os policiais seguiram seu trajeto até encontrá-la na ponte João Dias.

Os três criminosos foram presos e vão responder por extorsão. Uma arma foi apreendida.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo