Câmara convida Janot para esclarecer declarações sobre Gilmar

Por Band News FM

A Comissão de Constituição e Justiça da Câmara convida o ex-procurador-geral da República Rodrigo Janot a falar sobre as revelações de que cogitou matar o ministro Gilmar Mendes.

LEIA MAIS:
‘MP deve ser atuante, mas responsável’, defende Augusto Aras na posse como PGR
Cibercriminosos utilizam saque do FGTS para aplicar golpes; app falso faz parte do esquema

Em entrevistas para divulgar um livro na semana passada, ex-chefe do Ministério Público contou que entrou armado no Supremo Tribunal Federal em 2017 com a intenção de matar Gilmar e cometer suicídio.

Após as revelações, Rodrigo Janot teve o porte de armas cassado e foi proibido de entrar nas dependências do STF ou de se aproximar dos membros da Corte.

O convite para o ex-procurador falar à CCJ foi aprovado nesta quarta-feira (2) com unanimidade.

Rodrigo Janot também deve falar sobre as revelações de que diversas autoridades o procuraram quando era chefe da PGR para tentar parar a Operação Lava Jato.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo