Pré-candidato à presidência dos EUA, Bernie Sanders é internado após dores no peito

Por Metro Jornal

O senador e pré-candidato democrata à presidência dos Estados Unidos, Bernie Sanders, foi internado na terça-feira (1) após sentir dores no peito.

O nova-iorquino de 78 anos estava em Las Vegas em um evento de campanha quando sentiu o desconforto, e foi levado ao hospital para exames.

LEIA MAIS:
Lava Jato: Esquema de propinas dentro da Receita Federal é alvo da PF
Treze senadores que apoiaram a reforma da Previdência ‘traíram’ o governo

Segundo a agência internacional Reuters, um de seus assessores de campanha afirmou que Sanders passou por uma análise médica, que descobriu um bloqueio em uma artéria. Em cirurgia, foram inseridos dois stents na via sanguínea. "Stents" são pequenas próteses que, ao serem inseridas na artéria, podem impedir sua obstrução.

Jeff Weaver, assessor sênior de Sanders para 2020, afirma que o senador agora está "falante e de bom humor". O democrata irá repousar nos próximos dias, e seus próximos eventos políticos e aparições públicas serão canceladas.

Não se sabe por quanto tempo Sanders ficará fora dos holofotes. Hoje, o candidato é um dos três mais populares entre o eleitorado democrata nos Estados Unidos, junto a Elizabeth Warren e o líder Joe Biden.

Na corrida presidencial, uma votação primária entre americanos democratas elegerá o candidato que desafiará Donald Trump em 2020.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo