Empresários do ramo de joias são suspeitos de comprar produtos roubados

Por Metro Jornal

Dois empresários que atuam no setor de varejo de joias foram presos nesta segunda-feira acusados de receptar e vender produtos roubados na região do Jardins, em São Paulo.

A prisão ocorreu após a denúncia de uma cliente que comprou duas pulseiras de brilhantes com a dupla e descobriu depois que havia registro de furto dessas peças. De acordo com a investigação da polícia, as joias haviam sido roubadas de um apartamento no Jardins em julho passado.

LEIA TAMBÉM:
Licenciamento: carro com placa final 8 deve quitar débito em outubro
Adolescente morre ao proteger irmã de 5 anos durante assalto

Com mandados de busca, os policiais vasculharam imóveis dos empresários e localizaram joias, diamantes e ouro. Foram apreendidos ainda um Chevrolet/Captiva, um Ranger Rover/Evoque, um Mitsubishi/Lancer e uma moto Honda/1000cc.

Vítimas de roubo estão sendo convocadas para fazer reconhecimento das joias apreendidas.

 

 

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo