São Paulo tem o dia mais seco em 13 meses

Por Metro Jornal

Com umidade relativa do ar em 20% às 15h desta quinta-feira (12), São Paulo registrou o dia mais seco do ano. Segundo o Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia), é o menor índice registrado desde 11 de agosto do ano passado.

A Defesa Civil decretou  estado de alerta na tarde de ontem na cidade devido à  umidade relativa inferior a 20% em 11 das 29 estações de medição da capital.

Veja também:
Começam os saques do FGTS para correntistas da Caixa; banco amplia atendimento
Aluno leva arma para escola em Osasco e tenta atirar contra colega

Ontem também foi o segundo dia mais quente do ano, com 35,4ºC no mirante de Santana (zona norte). A temperatura só ficou atrás dos 35,9ºC de 2 de fevereiro. Foi o quarto dia seguido com recorde de temperatura do inverno, ultrapassando a máxima de 34,8°C de anteontem. Foi também a segunda maior da série histórica para setembro.

Por causa do tempo seco, a qualidade do ar ficou ruim segundo a Cetesb em quatro  regiões: Grajaú/Parelheiros (zona sul), Itaim Paulista (zona leste), marginal Tietê/Ponte dos Remédios e Pico do Jaraguá (zona norte).

O clima hoje deve mudar radicalmente. O dia fica nublado e a umidade relativa do ar sobe, ficando entre 80% e 97%, segundo o Inmet. Há chances de chuvas fracas em pontos isolados. A mínima deve chegar aos 15ºC e a máxima não deve passar dos 21ºC. Amanhã volta a esquentar, com termômetros entre 15ºC e 26ºC, e domingo as temperaturas devem ficar entre 16ºC e 32ºC.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo