Metrô: escolhida empresa para finalizar linha 17-Ouro

Por Metro Jornal

A empreiteira Constran apresentou o menor preço entre 11 ofertas e foi escolhida em concorrência pelo Metrô para a continuação das obras civis da via do monotrilho da linha 17-Ouro.

A empresa ofereceu fazer a obra por R$ 494,9 milhões. Após a publicação do resultado da concorrência, haverá prazo de cinco dias para recurso, antes da homologação do vencedor.

Segundo o Metrô, a expectativa é assinar o contrato até outubro, com duração de 36 meses.

A linha 17-Ouro deve ligar o aeroporto de Congonhas à rede metroferroviária. Prometida para a Copa de 2014, ela foi sendo adiada e atualmente não há prazo para sua entrega.

A licitação prevê os serviços de execução das obras civis remanescentes, implantação de acabamento, paisagismo, comunicação visual e instalação hidráulica.

De acordo com a companhia,  atualmente as obras acontecem na construção das oito estações, com cerca de 80% de conclusão, e do pátio de manutenção.

A outra parte dos serviços que estava no escopo do contrato com o CMI – fabricação e fornecimento de trens e sistemas de sinalização – será contratada em nova licitação, em que as propostas serão recebidas no próximo dia 17.

Com a assinatura dos dois contratos restantes, segundo o Metrô, será possível definir o prazo de conclusão.   

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo