PSL compara facada em Bolsonaro a atentado de 11 de setembro

Por Band.com.br

O PSL, partido de Jair Bolsonaro, aproveitou a data desta quarta-feira para comparar o ataque terrorista as Torres Gêmeas do World Trade Center em Nova York, nos Estados Unidos, a facada levada pelo presidente durante a campanha eleitoral. O atentado da Al-Qaeda, comandada por Osama bin Laden, ocorreu em 11 de setembro de 2001 enquanto o ocorrido com Bolsonaro foi em 6 de setembro do ano passado.

"Há 18 anos um atentado nos Estados Unidos chocava o mundo inteiro: o ataque às Torres Gêmeas. Há um ano, o Brasil sofria um ataque à democracia: @jairmessiasbolsonaro foi esfaqueado em meio a um ato público. Dois episódios que impactaram a sociedade e deixaram marcas na história", escreveu o perfil do partido nas redes sociais.

A publicação foi compartilhada por Flávio Bolsonaro, primogênito do presidente: "Minha solidariedade a todos os familiares de vítimas de terroristas".

Nos comentários, os internautas se dividiram. Teve gente apoiando Jair Bolsonaro e cobrando uma resposta sobre quem seria o mandante da facada. No entanto, teve muitos usuários criticando o clã Bolsonaro.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo