53% das vítimas de estupro no país têm até 13 anos, diz levantamento

Por Fabíola Salani, Metro Jornal

Dados do Anuário Brasileiro de Segurança Pública divulgados nesta terça-feira (10) revelam que quatro meninas de até 13 anos são estupradas a cada hora no país. Mais da metade – 53,8% – das vítimas femininas de estupro em 2017 e 2018 eram meninas dessa idade. E três a cada quatro são cometidos por pessoas conhecidas da vítima.

No ano passado, o total de estupros foi de 66.041, uma alta de 4,5% em relação a 2017 e o maior número desde 2009, quando a definição do crime foi mudada na legislação. O levantamento foi feito pelo Fórum Brasileiro de Segurança Pública.

Para Rafael Alcadipani, 42 anos, membro do fórum, a depuração dos dados feita neste ano, traçando o perfil das vítimas, permite visualizar um quadro mais completo do que está acontecendo.

“A ideia que a gente tem de como vai acontecer um estupro, um estranho vem e ataca uma moça na rua, não corresponde à maioria dos casos”, afirmou.

O retrato formado a partir dos dados detalhados mostra uma situação oposta: a maioria dos casos acontece com crianças, dentro de casa e o agressor é conhecido. “Pode ser alguém em quem a vítima ou sua família confia e acha que não vai ter esse tipo de problema”, disse o especialista. Para ele, criança pode até não perceber que está sendo vítima de violência.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo