Lei de abuso de autoridade terá 36 vetos, diz Bolsonaro

Por Isabel Mega - BandNews FM

O presidente Jair Bolsonaro tem que decidir nesta quinta-feira (5) sobre os vetos da lei de abuso de autoridade. Durante evento no Palácio do Planalto, ele confirmou que o texto, aprovado na Câmara dos Deputados, terá 36 vetos.

Em discurso, o político afirmou que o espírito do projeto será mantido e que quer “combater o abuso de autoridade, mas não podemos botar um remédio excessivamente forte, de modo que venha a matar o paciente."

Veja também:
Bolsonaro assina decreto para implementar escolas cívico-militares nos estados
Justiça decreta prisão de acusados de torturar jovem em supermercado

Uma edição extra do DOU (Diário Oficial da União) deve trazer ainda nesta quinta os vetos do presidente ao projeto. Na quarta (4), ele afirmou que vai acolher as manifestações de vetos dos ministros da Justiça, da Advocacia Geral da União, da CGU e do Secretário Geral.

Mesmo com as 36 emendas que serão apresentadas, Bolsonaro defende que a lei seguirá sem oferecer prejuízo a juízes, promotores, policiais e demais autoridades no exercício de suas funções.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo