Justiça autoriza saída da prisão para Garotinho e Rosinha, ex-governadores do Rio

Por Michael Veríssimo - BandNews FM

A Justiça concede liberdade para os ex-governadores Anthony Garotinho e Rosinha Matheus. A decisão, divulgada nesta quarta-feira (4), é do desembargador do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro Siro Darlan.

O casal passou a primeira noite no presídio de Benfica, na Zona Norte do Rio. Além deles, outras três pessoas foram presas na manhã de terça (3). Todos são suspeitos de participação em um esquema de superfaturamento em contratos celebrados entre a Prefeitura de Campos e a construtora Odebrecht.

Veja também:
Tecnologia: Google lança Android 10 com 50 novos recursos
Caoa e Ford ‘a um passo’ de fechar negócio com fábrica de São Bernardo

O prejuízo aos cofres públicos pode chegar a R$ 60 milhões, segundo delações prestadas à força-tarefa da Lava Jato. Garotinho e Rosinha teriam recebido R$ 25 milhões em propinas.

A defesa do casal disse que a prisão é ilegal e afirmou que a própria construtora entrou na Justiça para cobrar possível prejuízo. “É estranho, portanto, que o Ministério Público fale em superfaturamento.” Essa é a quarta vez que Garotinho é preso por corrupção e a segunda vez de Rosinha.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo