Em Santo André, revitalização da avenida Prestes Maia fica para outubro

Por Metro ABC

O governo do prefeito de Santo André, Paulinho Serra (PSDB), prorrogou do início de agosto para outubro a entrega da revitalização da avenida Prestes Maia, importante via de acesso para São Bernardo e São Paulo. Segundo o paço, o motivo para o novo prazo é a ampliação do projeto, que prevê novas áreas de lazer. No entanto, o Metro Jornal esteve ontem no corredor, onde ainda viu obras cruas, lixo, entulhos e usuários de drogas.

Iniciadas em maio, as intervenções na via tinham previsão de conclusão em 90 dias, a fim de sanar problemas crônicos, como iluminação, qualidade no asfalto, lixos e entulhos jogados, sob custo de R$ 4 milhões. Entretanto, a administração informou que o novo escopo prevê a criação de um parque linear, estimado em R$ 14 milhões.

Veja também:
4ª companhia aérea low cost que quer atuar no Brasil oferece voos por menos de R$ 200
Passeios em parques com cães para adoção é temporariamente suspenso em São Paulo

Dessa forma, o governo garantiu que pretende entregá-lo em até dois meses, com nova iluminação em LED, pavimentação, abertura do canteiro central para pista de caminhada e ciclovia, quadras poliesportivas, um ecoponto, praças, playground e outros equipamentos. Também está prevista a elevação da via na esquina com as ruas das Palmeiras e Vitória Régia.

“Entregaremos em outubro. Como (a Prestes Maia) é uma avenida que corta um eixo importante, a gente adotou esse projeto em diálogo com a comunidade. Não vamos entregar apenas uma obra de embelezamento”, disse o prefeito.

Quem percorre a via, porém, ainda não enxerga algo que remeta a ciclovia, pista de caminhada e outras atrações de lazer. Em vez disso, há esqueletos de quadras e funcionários trabalhando contra o tempo, no canteiro central e pela revitalização do espaço.

avenida prestes maia Ari Paleta/Metro
Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo