Campanha contra sarampo é prorrogada até o dia 31

Por Metro Jornal

A campanha de vacinação contra o sarampo foi prorrogada na capital até o dia 31 de agosto. A decisão foi adotada após avaliar os dados de casos confirmados da doença e a adesão à campanha.

O foco da campanha são crianças de 6 a menos de 12 meses e pessoas de 15 a 29 anos de idade.  Até ontem, a cobertura vacinal atingiu 41,3% dos bebês do primeiro grupo e 35,4% dos jovens do segundo grupo.

Por outro lado, o número de casos de sarampo não para de crescer na cidade. O último dado divulgado é de 997 registros. Na semana passada, esse total estava em 778.

Nesta campanha, está sendo aplicada a vacina tríplice viral, que, além de sarampo, protege também contra rubéola e caxumba.

Além da campanha

O foco da campanha são os dois grupos com mais casos, mas a recomendação da vacinação é mais ampla.

Segundo Núbia Araujo, 53 anos, técnica do Programa Estadual de Imunização, no estado de São Paulo, a recomendação é que as pessoas de 1 a 29 anos tomem duas doses. Aquelas com idade 30 a 59 anos devem ter tomado uma dose, mas ela precisa ter sido aplicada depois de a pessoa completar um ano. No estado, o limite é diferente do recomendado pelo Ministério da Saúde, que é de 49 anos.

Se a pessoa não tem o registro de quando tomou a dose ou se ela foi antes de um ano, ela precisa se imunizar, disse Nubia. Para essas pessoas, a dose também está disponível nas UBSs.


Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo