São Paulo recebe protesto a favor da educação no Masp; atos ocorrem em todo o Brasil

Por Metro Jornal

Nesta terça-feira (13), os estudantes vão mais uma vez às ruas para protestar a favor de um direito fundamental: a educação. Pela terceira vez em 2019, uma paralisação geral em escolas e universidades está marcada nas principais capitais do país.

As manifestações foram convocadas por entidades estudantis, como a UNE (União Nacional dos Estudantes) e a UBES (União Brasileira dos Secundaristas), e protestam contra os contingenciamentos na Educação e o Programa Future-se, anunciado pelo MEC (Ministério da Educação) em julho.

Veja também:
Nova ruptura de barragem em Brumadinho pode atingir rodovia Fernão Dias
Morre o ator João Carlos Barroso, de Zorra Total e Roque Santeiro

Em São Paulo, o ato ocorre a partir das 15h em frente ao Masp (Museu de Arte de São Paulo), na avenida Paulista, e deve durar até 18h. Além da capital paulista, há, ao menos, outras 95 cidades confirmadas pelo país.

Por volta de 11h30, 24 cidades de 13 estados e do Distrito Federal já haviam tido protesto.

A mobilização dá continuidade aos dois primeiros atos, nos dias 15 e 30 de maio, que tiveram proporções maiores. Foram registradas mobilizações em 222 e 136 cidades, respectivamente.


Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo