Joias e lancha de Sérgio Cabral e Adriana Ancelmo vão a leilão nesta semana

Por Metro Jornal

Na quinta-feira (15), devem ir a leilão uma lancha, joias e relógios do casal Sérgio Cabral, ex-governador do Rio, e Adriana Ancelmo. As joias foram apreendidas no apartamento do casal, no Leblon (zona sul do Rio), em novembro de 2016, quando foi deflagrada a operação Calicute, que apurava pagamentos de propinas em obras do estado e prendeu o ex-governador. Os itens que não forem arrematados irão a novo pregão em 23 de agosto.

A lancha à venda é uma Ferretti 80 Luxury Yachts de 80 pés, com capacidade para 23 passageiros. O edital a descreve como tendo quatro quartos, um deles uma suíte de casal com banheira, sala de estar e de jantar. O preço de avaliação é R$ 2,95 milhões e o lance mínimo é R$ 2.212.500.

Veja também:
Inscrições para a Fuvest 2020 começam nesta segunda; saiba como participar
Ex-governador de Minas Gerais, Fernando Pimentel é alvo de operação da PF

O outro lote é composto por 40 itens entre joias e relógios. A compra das joias foi apontada como forma de lavar dinheiro e, em processo sobre o tema, Cabral foi condenado a 13 anos e 4 meses de prisão, e Adriana, a 10 anos e 8 meses. Eles negam que tenham usado a compra das joias para lavar dinheiro.

Os artigos foram avaliados em R$ 455 mil ao todo e têm lance mínimo, em caso de compra do lote completo, de R$ 364,4 mil. Mas pode-se fazer lances pelas peças separadamente. O item mais caro é um relógio Rolex, em ouro, pesando 211 gramas. A avaliação é de R$ 55,2 mil, e o lance mínimo, de R$ 44,16 mil.

Há ainda brincos, anéis, abotoaduras, um colar de pérolas, pendentes, pulseiras, em platina ou ouro, a maioria deles ornados com diamantes, safiras, esmeraldas ou rubis. É possível dar lances pela internet, no site do leiloeiro (www.rioleiloes.com.br). Na quinta haverá pregão eletrônico e presencial.


Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo