Mutirão em São Paulo visa reconhecer paternidade

Por Metro Jornal

O Poupatempo realiza nesta sexta, sábado e na segunda-feira um mutirão na unidade da Sé para esclarecer casos de reconhecimento de paternidade. Os interessados poderão fazer gratuitamente o teste de DNA para comprovação.

A ação, parceria de Secretaria da Justiça, MP (Ministério Público) e Defensoria do Estado, foi idealizada devido ao grande número de pessoas que não têm o nome do pai na certidão de nascimento. No estado de São Paulo, existem mais de 750 mil pessoas com até 30 anos sem o nome do pai na certidão, segundo estimativa do Ministério Público.

Veja também:
PF sufoca setor do PCC que gerenciava tráfico de drogas e lavagem de R$ 7 milhões
Sangue: estoque da Fundação Pró-Sangue está 70% abaixo do necessário

Na ação, a Defensoria Pública  realizará uma avaliação socioeconômica com os interessados para verificar se não têm condição financeira de arcar com um exame de DNA. Passando pela triagem, a coleta será feita pelo Instituto de Medicina Social de Criminologia em salas reservadas.

O resultado fica pronto em 30 dias e a Defensoria Pública fará sua entrega.

Para participar, o cidadão precisa levar seus documentos pessoais com foto ou certidão de nascimento (válido para menores de 18 anos), documentos pessoais da mãe ou responsável, comprovação da renda familiar, comprovante de residência, documentos de identificação e endereço do suposto pai.

Para a realização do exame, o pai deve estar presente, não é necessário jejum e nem a suspensão de medicamentos de uso habitual. A ação funciona hoje e segunda, entre 12h e 16h e amanhã das 7h30 às 13h.

Programa

A ação reforça o programa “Encontre seu pai aqui”, do Poupatempo. Neste programa, o interessado preenche uma solicitação em qualquer unidade e o MP tenta localizar o pai.


Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo