Unidades de saúde estendem horário em São Bernardo do Campo

Por Metro ABC

Três UBSs (Unidades Básicas de Saúde) de São Bernardo vão funcionar até as 22h a partir do próximo mês. A extensão do horário significa três horas a mais de funcionamento diariamente. A mudança foi possível após aprovação da cidade no programa Saúde na Hora, do governo federal, que destinará R$ 6,6 milhões anualmente a São Bernardo.

A prefeitura diz que a expansão de expediente deve alcançar 20 unidades, das 34 em todo o município. Mas não deu prazo para que isso ocorra.

Atualmente, as UBSs funcionam das 7h às 19h. As três primeiras a receberem atendimento até as 22h serão Alvarenga, Vila São Pedro e Vila União. Esta última era a única a ter horário diferenciado na rede, com fechamento às 21h. “Foi um teste muito importante, que nos permitiu averiguar a diminuição do absenteísmo com a extensão do horário. A unidade tem apenas 8% de desistências, enquanto em outras unidades alcançam aproximadamente 30%”, disse o secretário de Saúde, Geraldo Reple Sobrinho.

Veja também:
Sarampo em São Paulo: campanha de vacinação segue longe de atingir meta
Metrô estuda trajeto de linha 19-Celeste, que pode ligar Guarulhos ao centro de São Paulo

De acordo com o prefeito Orlando Morando (PSDB), que esteve na unidade do Alvarenga na tarde de ontem, os locais escolhidos para ampliação do funcionamento foram definidos por conta do maior fluxo de atendimento. “São as UBSs com maior demanda e maior adensamento populacional. Esperamos com esta medida, além de aumentar a oferta de médicos e outros serviços, gerar empregos. Serão 172 novas contratações”, explicou o chefe do executivo.

Em São Caetano, a UBS Ivanhoé Espósito, no bairro Barcelona, funciona desde o final de julho com horário estendido até as 21h, além de abrir aos sábados, das 8h às 12h. A cidade tem outras três unidades neste esquema, em programa com verba municipal.


Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo