Ruanda fecha fronteira com Congo por epidemia de ebola

Por Ansa

As autoridades da Ruanda fecharam temporariamente nesta quinta-feira (1) a fronteira com a República Democrática do Congo (RDC), após duas pessoas morrerem ao contrair o vírus ebola na cidade congolesa de Goma.

No primeiro ano depois do governo congolês ter admitido oficialmente a epidemia de ebola, pouco mais de 1,8 mil pessoas morreram por conta da doença na região nordeste da RDC.

Em julho, a Organização Mundial da Saúde (OMS) declarou que a epidemia do vírus ebola no país africano é uma "emergência internacional de saúde pública".

Além dos dois mortos, uma terceira pessoa foi diagnosticada com o vírus em Goma, que possui 2 milhões de habitantes.

Em um comunicado, a RDC lamentou o ocorrido e declarou que a medida da Ruanda foi uma atitude unilateral e que "vai contra os conselhos da OMS".


Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo