Serviços dos Correios funcionam normalmente nesta quinta; greve foi adiada

Por Metro Jornal

Os funcionários dos Correios aceitaram adiar o início da greve da categoria até o dia 31 de agosto, enquanto as negociações mediadas pelo TST (Tribunal Superior do Trabalho) continuam. A categoria, que continua em estado de greve, mas sem paralisação, deve receber uma nova proposta de acordo da estatal.

Com isso, os serviços nas agências dos Correios funcionam normalmente nesta quinta-feira (1º) – sua interrupção estava prevista para a partir das 22h de quarta (31). Os funcionários da empresa protestam por reajuste salarial, redução nos benefícios, como adicional de férias e noturno, e aumento no custo do plano de saúde e na co-participação em procedimentos médicos.

Desde o início do governo Bolsonaro, a direção da empresa estatal estuda uma possível privatização, defendida pelo presidente. Em nota, os Correios afirmam seguir em negociação com os empregados, com mediação do TST. “Não é oportuno tratar de greve neste momento”, afirma.

Veja também:
Com bandeira vermelha, paulistano terá de pagar ainda mais na conta de luz a partir desta quinta
Programa ‘Médicos pelo Brasil’ vai substituir ‘Mais Médicos’


Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo