Bolsonaro tem 15 dias para explicar ao STF declarações sobre Fernando Santa Cruz

Ele afirmou saber o motivo do "desaparecimento" do pai de Felipe Santa Cruz, presidente da OAB

Por Band News FM

O ministro do Supremo Tribunal Federal Luís Roberto Barroso estabeleceu, nesta quinta-feira (1), um prazo de 15 dias para que o presidente Jair Bolsonaro, caso queira, preste esclarecimentos sobre o pedido feito ontem pelo presidente da Ordem dos Advogados do Brasil.

LEIA MAIS:
Fux contraria Moro e suspende destruição de provas obtidas de hackers
Ministro do STF suspende investigação da Receita contra autoridades

Felipe Santa Cruz quer que Bolsonaro explique as declarações sobre o desaparecimento do pai dele, Fernando Santa Cruz, durante a ditadura militar.

Na segunda-feira, o presidente da República disse que ele "não vai querer saber a verdade" e, depois, que Fernando Santa Cruz foi morto por companheiros da Ação Popular, organização de esquerda que atuava durante o regime.

Documentos da Comissão da Verdade, por outro lado, indicam que o militante foi preso por agentes do governo militar no dia em que morreu.

A solicitação de esclarecimentos pela fala foi assinada por 12 ex-presidentes da OAB. A ideia é entender se as declarações foram ofensivas, o que pode gerar uma ação de crime de honra.


Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo