Funcionários dos Correios entram em greve a partir de quarta-feira

Por Metro Jornal

Greve. Os funcionários dos Correios anunciaram uma paralisação das atividades a partir das 22h de quarta-feira (31), em uma reivindicação por reajuste no valor dos salários.

A Fentect (Federação Nacional dos Trabalhadores em Empresas de Correios, Telégrafos e Similares), que representa a categoria, afirma ainda que está lutando “pela manutenção de todos os direitos conquistados ao longo de décadas”.

Leia também:
Anatel corrige ‘falha’ em ligações que permitiram invasões de celulares por hackers
Greve de ônibus: Terminais de São Paulo devem ser fechados por três horas na quarta

Os trabalhadores pretender manter a greve por tempo indeterminado. Entretanto, uma reunião de emergência está agendada para quarta à tarde para tentar firmar um acordo entre os Correios e os funcionários.

Em junho deste ano, o TST (Tribunal Superior do Trabalho) barrou uma tentativa de parasilação por entender que a greve tinha cunho político e não reivindicações para os trabalhadores e, portanto, seria ilegal.

Greve de ônibus

sindicato motoristas de ônibus Reprodução

Também na quarta, motoristas e cobradores de ônibus da capital irão paralisar os terminais por três horas, das 8h às 11h, para protestar contra possível redução na frota de ônibus na cidade. No entender dos funcionários, isso abre espaço para demissões na categoria. A paralisação foi decidida na segunda (29) em assembleia em frente ao Sindimotoristas.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo