Sem Avianca, oferta de voos domésticos recua 9,2% em junho

Por Metro Jornal

A demanda de passageiros por voos domésticos em junho teve queda de 4,7% em comparação com igual mês do ano passado. No mesmo período, a oferta de assentos encolheu 9,2%, segundo dados da Anac (Agência Nacional de Aviação Civil).

Foram transportados no mês 7 milhões de passageiros pagos, uma queda de 2,7% em relação ao mesmo período do ano anterior.

Os números tiveram impacto da suspensão das operações da Avianca Brasil, em 24 de maio.  Segundo o relatório da Anac, a participação da companhia no mercado baixou de 13,7% para zero em um ano.

Com a crise da Avianca, a Azul elevou em 28,7% o tráfego de passageiros em voos domésticos em junho, sobre o mesmo mês de 2018. Com isso, a fatia de mercado da companhia aumentou de 18,8% para 25,4%.

A líder de mercado Gol elevou em 6,6% o transporte de passageiros no mês passado, ampliando a sua participação de 35,8% para 40%.  Já a fatia da Latam aumentou de 31,3% para 34,1%, com um avanço de 3,9% no transporte de passageiros.

No primeiro semestre, o tráfego de passageiros acumulou alta de 1,1%, enquanto a oferta de assentos caiu  1,4%.   

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo