Tempo seco coloca cidades do ABC em estado de atenção

Por Vanessa Selicani - Metro ABC

São 18 dias sem chuvas significativas e umidade relativa do ar com mínimas que batem 11%, índice parecido aos dos desertos. A condição climática das últimas duas semanas tem dificultado a tarefa de se respirar no ABC, principalmente para quem já sofre de problemas como rinite e sinusite.

De acordo com monitoramento do Cemaden (Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais ), as cidades do ABC não registram chuvas desde o dia 5 deste mês. O resultado da estiagem, comum nesta época do ano, são índices de umidade relativa do ar que deixam a Grande São Paulo em atenção. A OMS (Organização Mundial da Saúde) estipula que a umidade ideal compreende a faixa entre 50% e 80%.

Quando o índice fica abaixo disto, já são recomendadas medidas como evitar exercícios ao ar livre entre 8h e 19h e aumento do consumo de água.

Veja também:
Regras para o saque do FGTS serão anunciadas nesta quarta; consulte seu saldo
Polícia prende suspeitos de integrar quadrilha que pratica crimes em bairros nobres da zona oeste

Monitoramento realizado pelas estações da Defesa Civil de Santo André apontam para registro de mínima de 11% no dia 14 deste mês, índice considerado de emergência e que requer redobrar as medidas de proteção.

Na terça-feira (23), a mínima registrada foi de 37%, de acordo com medição do CGE-ABC (Centro de Gerenciamento de Emergências do ABC), mantido pelo Consórcio Intermunicipal.

A previsão do centro é que a umidade melhore a partir desta sexta-feira (26), quando deve alcançar 40% no ABC. Já no domingo (28), o índice pode chegar a 65%, de acordo com o CGE. O alívio virá graças a um ligeiro aumento da nebulosidade na região. Não há previsão de chuvas significativas para os próximos dias.

Para aliviar

Algumas medidas podem ajudar a evitar problemas durante dias secos. Confira:

Em casa

  • Deixe o ambiente livre para a circulação de ar, bem limpo e sem a presença de objetos que acumulem poeira como cortinas, carpetes e bichos de pelúcia
  • Utilize panos úmidos para a limpeza, evitando as vassouras
  • Coloque bacias com água em ambientes da casa ou utilize umidificador

Na rua e no trabalho

  • Evite grandes aglomerações e locais fechados
  • Evite exposição prolongada a ambientes com ar condicionado

Para se exercitar

  • Hidrate-se mais do que o normal
  • Não corra próximo aos carros
  • Se praticar exercícios ao ar livre, prefira horários antes das 8h e depois das 19h

Dicas de saúde

  • Tenha alimentação saudável e se hidrate bastante
  • Lave o nariz e olhos com soro fisiológico algumas vezes ao dia
  • Utilize hidratante corporal todos os dias
  • Evite banhos quentes e esfoliações, pois retiram a gordura natural da pele
  • Lave sempre as mãos

Problemas causados pela baixa umidade relativa do ar

  • Ardência e ressecamento dos olhos, boca e nariz
  • Agravamento de doenças respiratórias
  • Aumento em 50% no risco cardíaco de pessoas com vulnerabilidade
  • Fonte: HCor e Secretaria de Estado da Saúde
poluição tempo seco abc Vista de Santo André na tarde de terça (23) / Ari Paleta/Metro
Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo