Detran 'caça' motoristas que recebem pontos de multas por infrações que não cometeram

Por Metro Jornal

O Detran-SP (Departamento Estadual de Trânsito de São Paulo) está “caçando” motoristas que recebem pontos de multas por infrações que não cometeram, chamados de “hospedeiros”. Eles são indicados por motoristas autuados como se tivessem cometido as infrações registradas.

Foi implantado um núcleo especializado para as investigações. Em seis meses, foram identificadas 250 CNHs (Carteira Nacional de Habilitação) com esse perfil. Em um dos casos, um feirante disse ao núcleo que recebia R$ 500 do verdadeiro infrator para hospedar pontos na sua habilitação. Ele acumula 3.315 pontos na CNH.

Outro caso apontado é de um homem com 300 pontos na CNH que, em 11 dias, registra cinco infrações com cinco veículos e lugares diferentes. Em um único dia, no intervalo de 17 minutos, ele foi indicado como responsável por duas infrações de trânsito na região da marginal Tietê, uma em motocicleta e outra em um automóvel.

A prática pode ser enquadrada como crime de falsidade ideológica, com pena de até cinco anos de prisão. Além disso, se ela for comprovada, o departamento instaura processo de suspensão da CNH e pode até resultar na cassação da habilitação por dois anos.

Algumas das apurações já foram encerradas e remetidas à Polícia Civil, para abertura de investigação criminal e posterior denúncia à Justiça.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo