MEC promete criar 108 colégios militares e concluir 4 mil creches

Por Metro Jornal

O MEC (Ministério da Educação) lançou na quinta (11) uma carta-compromisso para melhorar a educação básica. Entre as medidas que foram anunciadas estão a construção de 108 escolas cívico-militares. A ampliação do número de colégios militares – promessa de campanha do presidente Jair Bolsonaro (PSL) – é uma das poucas metas com orçamento definido.

Segundo o MEC, serão inauguradas 27 escolas do tipo por ano (uma em cada unidade da federação), com investimento anual de R$ 40 milhões para que se atinja em 2023 o total prometido. O plano prevê a abertura, até 2022, de 4 mil creches projetadas pelos outros governos, mas que não foram concluídas ou que já estão prontas e ainda não entraram em funcionamento.

O ministério planejou para o programa sete eixos estruturantes que falam também em incentivar o ensino médio integral (com investimento de R$ 230 milhões neste ano) e conectar 6,5 mil escolas rurais com mais de 200 estudantes por meio de satélites em banda larga.

A ideia, segundo o ministro da Educação, Abraham Weintraub, é fazer com que o país se torne referência em educação na América Latina até 2030. “Precisamos viabilizar as boas ideias e experiências de sucesso que a gente já encontra no Brasil todo. A gente não tem alternativa a não ser avançar”, disse.


Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo