Saúde ocular: Cuidados evitam que doenças levem à perda total da visão

Por Metro Jornal

O cuidado com a saúde ocular pode evitar que doenças que atingem a visão especialmente com o passar dos anos, como catarata e glaucoma levem à cegueira.

O Dia da Saúde Ocular, celebrado na quarta-feira (10), foi criado para chamar a atenção para  esses cuidados.

O médico oftalmologista e professor da Universidade de São Paulo, Remo Susanna Junior, disse que a maior causa da perda de visão é a catarata, doença com tendências hereditárias percebida quando o cristalino (a lente do olho) começa a ficar opaca. Os principais sintomas são visão embaçada, piora da visão noturna e fotofobia (sensibilidade à luz). Ela atinge 4 a cada 10 pessoas, principalmente após os 40 anos. A única forma de retomar a visão é por cirurgia e Susanna Junior afirma que o sucesso é alto principalmente se o diagnóstico é feito rapidamente.

“A mais traiçoeira de todas é o glaucoma”, alerta o médico. Segundo Susanna Junior, 4 a cada 10 pessoas têm a doença e é causada por lesões do nervo óptico devido a alterações de pressão no olho. Essas lesões são irreversíveis e podem levar à cegueira. “É traiçoeira porque muitas vezes a pessoa não percebe absolutamente nada, quando já perdeu quase 90% da visão”, afirma o oftalmologista. Quem tem históricos da doença na família deve se preocupar mais, pois a chance de desenvolver o problema é 10 vezes maior, mas, se bem tratada, a chance de se perder a visão é improvável, segundo o médico.

Para evitar problemas na visão e mesmo diagnosticar precocemente essas doenças, Susanna Junior recomenda uma visita anual ao oftalmologista, “principalmente se há histórico de doenças na família”. 


Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo