Prefeito de Osasco e esposa recebem alta após 12 dias internados por explosão

Por Metro Jornal

Após 12 dias internados, o prefeito de Osasco, Rogério Lins (Podemos), e sua esposa, Aline Lins, tiveram alta médica na manhã desta quarta-feira (10). Ambos foram hospitalizados após uma explosão de uma fogueira em um evento de servidores no dia 28 de junho.

Apesar da liberação, ambos seguirão passando por tratamento e repouso nos próximos dias, “retomando seus compromissos aos poucos”, segundo nota da prefeitura. Eles tiveram queimaduras de primeiro e segundo grau e, segundo médicos, não terão deformidades no rosto.

Veja também:
Personalidades lamentam morte do jornalista Paulo Henrique Amorim
Família morre após acender churrasqueira no quarto para se esquentar

A Polícia Civil segue investigando o caso. Segundo laudo apurado pelo IC (Instituto de Criminalística), a explosão teria sido resultado da forma com que a fogueira foi construída – foram colocados três litros de gasolina para que a estrutura acendesse mais rápido.

Quando o combustível evaporou, um vapor ficou preso dentro da estrutura, gerando a explosão. Ainda segundo o IC, o evento “Arraiá do Servidor” contava com alvarás, mas nenhum deles citava permissão para fogueiras.


Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo