Covas volta a defender saída de Aécio Neves do PSDB: 'Ou eu ou ele'

Por BandNews FM

O prefeito de São Paulo, Bruno Covas, voltou a defender a saída de Aécio Neves do PSDB. O diretório do partido na capital sugeriu a expulsão do deputado federal mineiro.

Questionado pela repórter Bruna Barboza, da Rádio Bandeirantes, Covas respondeu: “Ou eu ou o ele no partido. É um ou outro.”

Aécio Neves é réu acusado de receber propina de dois milhões de reais do grupo J&F e tentativa de obstrução de investigações da Lava Jato.

Leia também:
Nova ciclovia em São Bernardo vai ligar áreas de lazer da cidade
Parques de São Paulo disponibilizam locais seguros para donos levarem cachorros

Para os tucanos, a campanha de Covas à reeleição na prefeitura pode ser prejudicada caso o partido se mantiver aliado a um parlamentar que descumpre o código de ética interno do PSDB.

Já o diretório de Minas, em Belo Horizonte, pede a cabeça de Covas questionando a situação do prefeito, que responde a denúncias de improbidade administrativa.

Aliados do deputado, no entanto, afirmam que não há hipótese do parlamentar se afastar neste momento.


Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo