Aeronáutica critica ex-soldado que chamou FAB de ‘Força Aérea da Biqueira’

Por Metro Jornal

A Aeronáutica informou nesta quinta-feira (4) que instaurou um procedimento de investigação do caso do militar da FAB (Força Aérea Brasileira) que publicou vídeos em seu WhatsApp fumando e zombando da instituição. Nas imagens, o indivíduo chama a FAB de “Força Aérea da Biqueira” – local destinado à venda ilegal de drogas –, ao lado de outros soldados.

O vídeo teria sido filmado e publicado dentro da base aérea de Guarulhos, na região metropolitana de São Paulo. Em comunicado enviado à imprensa, a Aeronáutica criticou a publicação do militar: “O Comando da Aeronáutica repudia veementemente atitudes desta natureza”.

Veja também:
‘Força Aérea da Biqueira’: soldado fuma e zomba da Aeronáutica em vídeo
Criticado por piada com tráfico de drogas na Força Aérea, Weintraub se defende: ‘ninguém é obrigado a ver o que eu escrevo’

Os militares foram identificados e não fazem mais parte do efetivo da FAB desde junho deste ano, disse a Aeronáutica. Suas identidades não foram divulgadas.

A Força Aérea ainda esclareceu que o cigarro fumado pelo jovem não era de maconha, como inicialmente assumido. “Após tomar conhecimento sobre a publicação do vídeo em rede social, foram realizadas medidas de averiguação sobre a ocorrência e não se constatou porte de entorpecente”, afirmou a nota.


Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo