Relógio volta para o festival de inverno de Paranapiacaba

Por Vanessa Selicani - Metro ABC

A Vila de Paranapiacaba, em Santo André, se prepara para receber nos próximos dias 20, 21, 27 e 28 a 19ª edição de seu Festival de Inverno. A principal atração neste ano é a volta de um dos símbolos históricos da região: o relógio da torre.

O Metro Jornal mostrou em janeiro deste ano que a MRS Logística realizaria o restauro da estrutura. Desde 2013, o MPF (Ministério Público Federal) pressiona a empresa, responsável pela operação férrea no local, e o poder público para que apresentem projeto de revitalização da parte tombada de Paranapiacaba. A inauguração do relógio, que não funcionava há 10 anos, está marcada para as 18h do dia 20, quando será possível conferir também a nova iluminação da torre.

Outra atração restaurada a pouco tempo é a Paróquia Senhor Bom Jesus de Paranapiacaba. O prédio de 130 anos foi entregue com o apoio da igreja e comunidade local e estará aberto nos dias do evento.

Programação

A prefeitura volta a apostar na edição deste ano em um festival voltado para pequenas atrações espalhadas pela Vila. Dos cerca de 65 artistas marcados para se apresentar em 10 pontos, 42% são do ABC. O orçamento da administração pública será de R$ 350 mil. A iniciativa privada investe mais R$ 230 mil. Entre as novidades está a instalação de 30 bancos para o público, reivindicação de muita gente que sentia falta de espaços para descanso.

Não há mais vagas para quem quer ir ao festival utilizando o Expresso Turístico da CPTM, mesmo com aumento da oferta de viagens também aos sábados. Para quem for de carro, o estacionamento custará R$ 45 (carro) e R$ 30 (moto), com direito ao transfer. É possível também utilizar o trem da CPTM até Rio Grande da Serra mais um ônibus até o local.


Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo