São Paulo tem o mês de junho mais quente em 12 anos

Por Metro Jornal

Depois de ter passado pelo mês de junho mais quente em 12 anos, o morador de São Paulo tem nesta terça (2) e quarta (3) para aproveitar o calor. Porque depois deve esfriar de uma vez só.

Segundo dados do Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia), a média das mínimas no mês passado ficou em 15,3ºC, a segunda maior da série histórica, iniciada em 1943. A média das máximas ficou em 24,2ºC, a sexta maior da série histórica e a mais alta desde 2007.

Nos primeiros dias de junho, houve chuvas que somaram 42,3 mm, valor considerado normal para o mês. Mas desde o dia 6 – há 26 dias, portanto – não há chuvas significativas na cidade. E deve continuar assim por mais dois dias: temperaturas entre 16ºC e 27ºC hoje e 17ºC e 29ºC amanhã, com céu claro e baixa umidade do ar à tarde.

Mas amanhã à noite, segundo a Climatempo, deve começar a chover na cidade. Há pancadas previstas para quinta e um dia nublado com chuva na sexta-feira. Além disso, adeus, calor: a temperatura deve despencar, segundo o Inmet, com termômetros variando de 16ºC a 20ºC na quinta e de 12ºC a 17ºC na sexta.

Eclipse

Um eclipse solar – fenômeno quando a Lua fica entre o Sol e a Terra –  acontecerá nesta terça-feira (1º) e poderá ser visto de forma parcial em São Paulo a partir das 17h, com auge às 17h29. O dia claro deve favorecer a visão do fenômeno, mais facilmente observável de um lugar alto. Mas não olhe para o sol sem uma proteção! Um  vidro de máscara de solda nº 14 (vendido em loja de ferragens) é recomendado.


Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo