Piloto italiano é preso com R$ 4,6 milhões em avião no MT

Por Ansa

Um piloto italiano, identificado como Francesco Turriziani, de 61 anos, foi detido neste domingo (30) com R$ 4,6 milhões em malas de dinheiro, em um aeroporto no município de Alta Floresta, a 800 km de Cuiabá. De acordo com a Polícia Civil, a apreensão foi realizada por volta das 13h (horário local) após a aeronave sofrer uma pane elétrica. O dinheiro seria usado para compra de ouro em Itaituba, no Pará.

Veja também:
Receita pega no Porto de Santos mais de meia tonelada de cocaína
‘Candidatas-laranja’ do PSL são indiciadas por falsidade ideológica e associação criminosa

O avião Cesnna 206 T, prefixo PR-RMH ano 2005, havia saído da cidade de Sorocaba (SP) e tinha como destino Itaituba. Ele faria duas paradas de abastecimento, sendo uma em Jataí, em Goiás, onde ocorreu o problema com a aeronave. As autoridades informaram que, ao chegar no local, encontraram o italiano embarcando em um táxi, enquanto que no avião, a polícia achou seis malas contendo R$4.679.750.

O piloto foi ouvido e liberado pela polícia. Em seu depoimento, Turriziani não soube explicar a origem do dinheiro, mas depois afirmou que o valor é de um "parceiro de negócios" e diz respeito à venda de um avião em São Paulo. Segundo o delegado Vinícius Nazário, o dinheiro foi apreendido e depositado em conta da Justiça de Mato Grosso. Até o momento, a versão do italiano ainda não foi comprovada. A Polícia Civil investigará o caso.


Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo