Homem que atirou em policiais se entrega após ficar uma semana foragido

Por Metro Jornal, com Rádio Bandeirantes

O homem acusado de balear dois policiais militares na semana passada se entregou à polícia nesta segunda-feira (1º). Renato Alves se apresentou à delegacia de número 96, no Berrini, e, mais tarde, foi ouvido pelos investigadores do 16º DP.

Os disparos feitos contra os PM’s aconteceram depois de uma briga, no condomínio onde Alves mora, na Vila Mariana, na última segunda-feira (24). Os policiais atingidos foram socorridos e passam bem.

Depois dos tiros, a polícia fez uma intensa busca pelo acusado. O prédio foi cercado, moradores que estavam nos apartamentos não puderam sair e a energia foi cortada. A suspeita é que Alves tenha fugido pelos fundos do condomínio logo depois que atirou nos policiais.

No apartamento dele, cartuchos de pistola 380 e um comprovante de que ele participa de um clube de tiro foram apreendidos.

Ao se entregar, Renato Alves disse aos policiais onde está a arma que foi utilizada no crime. A polícia deve pedir a prisão temporária dele ainda hoje.

Entenda o caso

O caso começou por causa de uma discussão sobre a venda de um carro. O veículo teria apresentado problemas e um dos homens foi devolvê-lo. Os dois começaram a brigar e o antigo dono do carro decidiu chamar a polícia. Quando a Polícia Militar já estava no local, o suspeito começou a atirar contra as pessoas na rua. Dois policiais foram feridos – um no braço e outro que ficou com uma bala alojada no ombro. Eles foram levados para o Hospital São Paulo e não correm risco

O atirador mora com os pais e estava na sacada quando efetuou os disparos. O GATE (Grupo de Ações Táticas Especiais) foi acionado e usou explosivos para abrir a porta do apartamento e todos os apartamentos foram revistados, inclusive com ajuda de cães farejadores, mas não foi possível localizar o suspeito. Ele vai responder por tentativa de homicídio qualificado por motivo fútil contra autoridade.


Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo