Governo federal quer arrecadar R$ 200 milhões com leilão de imóveis de SP

Por Agência Brasil

Quatro imóveis no estado de São Paulo, pertencentes à União, serão colocados à venda pelo governo federal. Eles estão avaliados em R$ 200 milhões. Os dois editais que tratam sobre as vendas foram publicados no Diário Oficial da União de terça-feira (25).

Os imóveis são localizados em São Paulo, Campinas, Santos e Barueri e serão licitados por meio de concorrência pública, na qual o interessado oferece uma proposta. A vencedora será a de maior valor, por quantia igual ou superior ao preço mínimo constante no edital.

Será necessário o pagamento de uma caução no valor de 5% do valor do imóvel pretendido. A sessão pública para abertura dos envelopes será no dia 12 de agosto.

Como será

Poderão participar da concorrência pessoas físicas e jurídicas, desde que seja paga a caução e apresentados os documentos exigidos nos editais. Servidores do Ministério da Economia não poderão participar da licitação.

Segundo Fernando Bispo, secretário de Coordenação e Governança do Patrimônio da União (SPU), vinculada à Secretaria Especial de Desestatização, Desinvestimento e Mercados do Ministério da Economia, esses editais são os primeiros de uma série de imóveis que o governo pretende vender este ano.

“Esses primeiros imóveis a serem comercializados são um balão de ensaio na busca de potenciais investidores. Mas, para além disso, é a primeira sinalização de que a SPU começa a tirar do papel o compromisso de aprimorar a gestão do patrimônio sob sua responsabilidade”, disse Bispo.

Mais informações sobre os imóveis podem ser conferidas no site.


Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo