Em dois dias, quatro policiais militares foram baleados em São Paulo; dois morreram

Por Lucas Jozino - Rádio Bandeirantes

Em dois dias, quatro policiais militares foram baleados por criminosos em São Paulo – dois deles não resistiram aos ferimentos e morreram.

No domingo (23), o soldado Vitor de Oliveira Farias, de 33 anos, efetuava uma prisão, no Jardim Ângela, na zona sul, quando dois criminosos em uma moto passaram atirando. Três suspeitos acabaram presos no caso.

Já na segunda-feira (24), foram outros dois episódios; no primeiro, em Ferraz de Vasconcelos, dois policiais de moto se depararam com um roubo à residência. Ao saírem com o carro da garagem da vítima, um dos ladrões atirou na cabeça do cabo Marivaldo Camelo da Rocha Junior, que foi socorrido, mas não resistiu.

Veja também:
Prefeitura faz novos testes na estrutura da ponte do Jaguaré
Problema na linha 5-Lilás do metrô fecha estações e atrasa passageiros

Horas depois, os criminosos foram localizados e, segundo a polícia, houve troca de tiros e os dois morreram. De acordo com o porta-voz da Polícia Militar, major Emerson Massera, os dois agentes serão homenageados.

O último caso ocorreu na Vila Clementino, na zona sul; 2 homens começaram a brigar por causa de um carro que havia sido comprado por um deles e começou a dar problemas. A polícia foi chamada e, ao chegar no local, um dos homens atirou e atingiu dois PM's, que não correm risco de morte.


Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo